72 Horas

Hoje fui ver o filme “72 Horas” com o famigerado Russell Crowe, o filme, que no meu entender, retrata essencialmente o drama da perda e o poder do amor, é feito de forma simples mas inteligente.
A fotografia é excelente, pois não é nada sofisticado e cheio de efeitos especiais, mas antes rica em pormenores de imagem que interligam com o som de uma forma fantástica, como por exemplo na cena da conversa ao telefone na prisão em que a câmara sai do plano dele para o dela e o som acompanha como se estivéssemos do lado exacto do vidro, aumentando e diminuindo de volume conforme transição.
Para mim o conceito, excelentemente protagonizado e a riqueza dos pormenores fazem deste filme um verdadeiro “deleite” cinematográfico
Não o percam!

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s